Equipe 13 TECNOLOGIA AJUDANDO NA RECONSTRUÇÃO DO MEIO AMBIENTE


ROBÓTICA EDUCACIONAL
Equipe 13  TECNOLOGIA AJUDANDO NA RECONSTRUÇÃO DO MEIO AMBIENTE               3º ANO B  (Robôs Móveis)

ORIENTADOR
José Mairan Mota Matos

ALUNOS (AS)
Francisca Eridiana R. Lopes
Bruna Rocha Silva
Arthur Barbosa Torres
Pedro Henrique f. Teixeira
Silvania M. BarbosaResumo do projeto
Introdução:
O meio ambiente está sendo destruído diariamente pelo homem, por isso foi desenvolvido um projeto que possa fazer o contrario: “Reflorestar” para produzir o oxigênio e ajudar na preservação do planeta. Esse processo será feito por um robô móvel, o qual tem a utilidade de ajudar no plantio de árvores, sendo que este pode ser recarregado pela energia do solar através de uma célula fotovoltaica, capaz de transformar a energia do sol em eletricidade.

Metodologia:
Como o mundo vive hoje em busca da “sustentabilidade ambiental”, foram feitas pesquisas que orientassem e conscientizassem as pessoas sobre a importância do meio em que vive. Nas pesquisas foram descobertas plantas nativas e outras fontes de energia, encontrando assim a célula fotovoltaica, que contém diversos materiais tais como dióxido de titânio, vidro e corante. Essa célula associada à tecnologia (robótica), que vem crescendo com o passar do tempo, torna possível a criação de um robô que é movido a energia solar, reciclável e o mais importante: restaura plantas devastadas de áreas desmatadas.

Resultados:
Um robô que ajuda a restaurar o meio ambiente, causando-lhe o mínimo de danos possíveis. Infelizmente a célula fotovoltaica que recarregaria o robô não foi testada devido a falta de um material (dióxido de titânio), mas várias pesquisas foram feitas e serão continuadas até se obter o resultado esperado.

Considerações finais:

A construção de uma máquina que não poluí o ar, que é movida a energia renovável e que ao invés de destruir, reconstrói o meio ambiente é tudo o que o homem precisa atualmente, visto que a vida na terra está ameaçada e necessita urgentemente de ações de sustentabilidade. Portanto, inovar com responsabilidade é possível e mais ainda, necessário para a preservação do Planeta.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial